Campus Virtual
HOME
QUEM SOMOS
REGULAMENTO DO CURSO
CURSOS
FALE CONOSCO
VANTAGENS DA EAD
PERGUNTAS FREQUENTES

MITOS E VERDADES

Para quem mora longe de uma escola ou não pode ir à aula todos os dias, a Educação a distância (EAD) parece ideal. Por isso, ela tem conquistado tanto espaço. Em 2000, 13 cursos superiores reuniam 1.758 alunos. Em 2008, havia 1.752 cursos de graduação e pós-graduação lato sensu com 786.718 matriculados, segundo a Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed).
As experiências no ensino a distância por aqui começaram no início do século 20, com cursos profissionalizantes por carta, rádio e, mais tarde, pela TV. Só com a internet e a banda larga, eles se tornaram viáveis na graduação, pós e capacitação profissional. Empresas como Caixa, Sadia, Aneel, Gol, Martins, TAM, Usiminas e muitas outras já utilizam de cursos a distância.

[MITO] O CURSO EAD É PIOR

Estudo de 2007 capitaneado por Dilvo Ristoff, então diretor do Departamento de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), comparou os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade/2006) nas modalidades presencial e a distância. Das 13 áreas em que o confronto foi possível, os de EAD se saíram melhor em sete: Pedagogia, Biologia, Física, Matemática e Ciências Sociais, além de Administração e Turismo. Isso mostra que o fato de as aulas serem a distancia não significa que elas sejam de pior qualidade.

[VERDADE] É PRECISO TER UM BOM COMPUTADOR E UMA BOA CONEXÃO DE DE INTERNET

Mais de 93% dos cursos de graduação e pós utilizam a internet como o principal meio de ensino. O uso de vídeos online está presente em mais de 57% das instituições, sendo que em 52% delas a transmissão comporta interatividade entre estudantes e mestres. Quem não tem computador com internet rápida pode sair prejudicado. Afinal, ninguém tem paciência de passar horas esperando um vídeo carregar.
Quem não tem isso em casa e não mora tão próximo aos polos deve encontrar um meio de acesso à banda larga, nem que seja em um cibercafé", explica Ymiracy de Souza Polak, consultora da Capes para EAD e membro da comissão de avaliação do Inep/MEC.

[MITO] O CERTIFICADO É FÁCIL

Quem acha que um bom curso a distância é moleza pode acabar se frustrando com o grau de dificuldade que se apresenta e não seguir adiante, tem de se dedicar.

[MITO] É POSSÍVEL ESTUDAR QUANDO QUISER

É necessário rotina e estudo tem de acessar novas informações e das palestras presenciais.

[VERDADE] QUEM É DISPERSO NÃO SE DÁ BEM

Não tem jeito: quem é pouco comprometido ou necessita de alguém cobrando o tempo inteiro para que estude não pode fazer CURSO a distância. "É necessário ter um método de estudo e um compromisso com a própria aprendizagem", acredita Bentes, da UFPR.

[MITO] OS PROFESSORES SÃO MENOS QUALIFICADOS

Se você se refere a quem acompanha a aprendizagem, sim, é verdade. Em EAD, esse profissional, chamado tutor, tem contato direto com os alunos e é o responsável por tirar as dúvidas e avaliar a participação deles nas tarefas.

[VERDADE] A TURMA DE UM CURSO A DISTÂNCIA É MAIOR DO QUE A DE UM PRESENCIAL

De fato. Uma turma de CURSO presencial tem, em média, 80 integrantes, enquanto na Educação a distância esse número pode chegar a 180. Segundo a Abed, o docente de graduação, pós-graduação e profissionalizantes a distância tem a média de 97 alunos sob sua responsabilidade, enquanto o tutor, 77. Segundo Alda, isso é um fato problemático. "Cada tutor deveria ser responsável por 25 estudantes para dar a atenção necessária e responder a tempo a todos."

[MITO] OS ALUNOS APRENDEM MENOS DO QUE NO CURSO PRESENCIAL

Com os resultados do Enade de 2006, essa idéia caiu por terra. A Pedagogia foi um dos que apresentaram melhor desempenho na modalidade a distância do que na presencial. Ou seja, os alunos aprenderam. O que importa sempre, então, é verificar se o programa tem qualidade - do mesmo modo que se dá a escolha por um curso presencial.

[MITO] É MAIS DIFÍCIL CONSEGUIR EMPREGO

Ainda há um grande preconceito em relação aos formados em EAD. Em parte, ele pode ser explicado pelo pouco tempo de existência dela na graduação. "O mercado não conhece os formados a distância e há um desconhecimento muito forte sobre a qualidade dos cursos" no nosso caso, por exemplo, não existe problema, pois nosso certificado não fala que o curso é a distância.